RLSNEWS

  • Blog Stats

    • 350,282 visitas
  • Aprenda

  • RSS

  • site statistics

  • Presidente do Google Brasil prestará contas sobre pedofilia no Orkut ao Senado by RLSNEWS
    abril 4, 2008, 6:44 pm
    Filed under: Notícias
    Presidente Alexandre Hohagen e diretor de comunicação Félix Ximenes foram convocados a falar na CPI da Pedofilia.

    Os principais executivos do Google no Brasil prestarão contas sobre os crimes de pedofilia na rede social Orkut diante do Senado brasileiro, na próxima quarta-feira (09/04).

    O presidente do Google Brasil, Alexandre Hohagen, e o diretor de comunicação da empresa, Félix Ximenes, foram convocados a falar na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia, que está investigando a hospedagem no Orkut de milhares de páginas com material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes.

    Como convidados à mesma reunião, estarão presentes o delegado da Polícia Federal Carlos Eduardo Miguel Sobral, o procurador da República no estado de São Paulo Sérgio Gardenghi Suiama e o presidente da organização não-governamental Safernet Brasil, Thiago Tavares Nunes de Oliveira.

    Tavares e Suiama têm trabalhado juntos na investigação de denúncias de crimes na internet, em especial na rede social Orkut. A SaferNet, organização não-governamental que defende os direitos humanos na sociedade da informação, encaminhou ao Ministério Público 55.908 mil denúncias de páginas de pedofilia diferentes publicadas na internet – sendo 17.148 em 2006 e 38.760 em 2007.

    Segundo Tavares, cerca de 90% das denúncias sobre abusos de direitos humanos na internet estão hospedadas no Orkut. Destas, 40% dizem respeito à pornografia dirigida às crianças e aos adolescentes.

    Só no primeiro trimestre deste ano, foram denunciadas 13.375 páginas de pedofilia na web brasileira, um crescimento de 100,04%. No Orkut, especificamente, as páginas denunciadas crescerem 107,82%.

    Na terça-feira (08/04) serão ouvidos na comissão o presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público, José Carlos Cosenzo; o presidente do Conselho Nacional dos Procuradores-gerais do Ministério Público dos Estados e da União, Marfan Martins Vieira; e o coordenador do Comitê Gestor da Internet do Ministério da Ciência e Tecnologia, Augusto César Gadelha Vieira.

    Fonte: IDG Now!


    1 Comentário so far
    Deixe um comentário

    Como se a culpa fosse deles. Tanta coisa poderia ser feita e o senado estupidamente perdendo tempo com 2 inocentes. Por essas e outras que a pedofilia só aumenta no Brasil. A justiça brasileira é uma piada.

    Comentário por RICARDO




    Deixe uma resposta

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s



    %d blogueiros gostam disto: